Mania de Sling by Dida

Novidades, dicas e informações interessantes sobre slings e cia.

Maternagem novembro 10, 2008

Filed under: Uncategorized — Dida @ 10:59

Antes de introduzir o conceito de Babywearing, precisamos entender um pouquinho sobre o que é maternagem.

 

O que é maternagem?

O que é “maternagem” ou provisão maternal? Segundo Winnicott, “maternagem” ou provisão maternal é a atitude em relação aos bebês e o cuidado a eles dispensado. Hoje sabemos que é importante o modo pelo qual se promove o “segurar” e o manuseio do bebê, que é importante quem está cuidando do bebê – se é de fato a mãe ou outra pessoa. Em nossa teoria a respeito dos cuidados com a criança, a continuidade do cuidado tornou-se uma característica central do conceito de ambiente facilitador. Percebemos que é unicamente pela continuidade da provisão ambiental que o novo bebê em estado de dependência pode ter uma continuidade em sua linha de vida. Refiro-me ao trabalho de Bowlby (attachment): a reação da criança de 2 anos de idade à ausência da mãe (mesmo que temporária), caso se prolongue além da capacidade de o bebê manter viva sua imagem. Seu trabalho, ainda que precise ser explorado mais a fundo, obteve aceitação geral. A idéia que subjaz a tal estudo se estende á questão da continuidade dos cuidados; remonta ao início da vida pessoal do bebê, antes mesmo que ele perceba objetivamente a mãe por inteiro, como pessoa.

Uma outra característica: na qualidade de psiquiatra de crianças, não estamos apenas preocupados com a saúde. Gostaria que isso valesse para toda a psiquiatria. Estamos preocupados com a riqueza da felicidade que se desenvolve na saúde e que não se desenvolve na doença psiquiátrica, mesmo quando os genes poderiam levar a criança em direção à plenitude.

Do meu ponto de vista, o que vocês ensinam só pode ser implantado em capacidades que já estão presentes na criança, fundadas em experiências precoces e na continuidade de um “segurar” confiável, em termos de um círculo escolar e social cada vez mais amplo”

Trecho do Livro: Pediatria Radical – Thelma B. Oliveira – pág 105 – 2007

D. Winnnicott – TUDO COMEÇA EM CASA –

CUIDAR-CURAR-SEGURAR é uma extensão do conceito de “segurar” (holding). Começa com o bebê no útero, depois o bebê no colo, havendo um enriquecimento a partir do processo de crescimento da crinça, pois a mãe que conhece aquele bebê específico que ela deu à luz torna esse enriquecimento possível. Ao lado disso, há o conceito de ‘ambiente facilitador’ e o ‘sentido de identidade pessoal’, que é essencial a todo ser humano; e só pode se realizar de fato em função de uma maternagem satisfatória e de um suprimento ambiental do tipo do ‘segurar’ durante os estágios de imaturidade./ Winnicott “

Fonte: Pediatria Radical/orkut – Holding e Hadling

Justamente aí surge a importante função da mãe: ser o primeiro colo que abrigue esse ser-no-mundo em um planeta tão hostil. O cuidado materno, a relação com seio, o cheiro, a temperatura e sobretudo o olhar são fontes de possibilidade de humanização para este ser que ainda não é humano. A irrupção da linguagem só é possível pela exploração da criança em suas relações com o mundo. Mas como fazer isso sem se perder nos horrores de um mundo hostil e incerto? A resposta é via o acolhimento materno.

A mãe nos serve de esteio para vivenciarmos o mundo e nós mesmos como sujeitos-no-mundo. Mas o que acontece quando a mãe não faz essa maternagem acolhedora? Não nos tornamos humanos?? Alguém faz esse papel, de alguma maneira até mesmo o próprio pai pode acolher esta criança, o cuidado, o acolhimento e amor não tem sexo, cor ou pré-conceito.

É na experiência de amar via o cuidado que a mãe nos mostra a vida como possibilidade. Tudo o mais que advém disso é convenção social, peso direto de processo culturais. Abrir-se para esta experiência é uma das mais incríveis vivências que um ser humano pode experimentar.

Fonte: Pediatria Radical/orkut – Maternagem

Em breve falaremos sobre Babywearing!

Anúncios
 

One Response to “Maternagem”

  1. Elizabeth Diamantino Says:

    Adorei este artigo e dostaria de mais informações


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s